Comunidade São José

A Comunidade São José teve inicio com o retorno do Padre Fernando Vitalli, da Itália no ano 1981, o mesmo, encontrou o Sr. Aluízio Bezerra Barros e a irmã Angélica, à frente dos trabalhos de Catequese infantil e da Crisma, na escola de 1º Grau Amélio Forrechi no bairro Santo Antônio. Neste mesmo ano, o Sr. Aluísio mudou-se para o bairro Vila Amélia, mas, continuava o seu trabalho de catequese no bairro Santo Antônio juntamente com a irmã Angélica, e, com a equipe de catequistas já formada passaram a celebrar a palavra aos domingos e o padre Fernando a celebrar a Eucaristia de 6 em 6 meses, naquela comunidade.

Nesta época, observou-se na catequese e nas Celebrações, a participação de moradores do bairro Vila Amélia. A partir dessa observação, a pedido do padre Fernando, o Sr. Aluísio passou a atuar no bairro Vila Amélia na escolinha municipal com a catequese infantil e a Crisma. Contava ainda, com a colaboração da irmã Maria Luiza Toledo, com alguns catequistas da comunidade Nossa Senhora Aparecida e com catequistas da comunidade como:

- Maria de Fátima Emanuel;

- Maria da Consolação Emanuel;

- Glória Peterle;

- Valdirene de Souza.

Ainda ali, começou a Legião de Maria (Presidium Adauto), com reuniões todas as segundas-feiras para rezar o terço.

Neste mesmo ano, iniciaram-se os trabalhos missionários. Enquanto área missionária, e com muita fé em Deus, rezavam para que um dia pudessem tornar-se Comunidade (CEB), por isso, foi encaminhado ao prefeito da época Sr. Davacir Mário Zaché, um oficio, requerendo a doação de uma área para a construção do templo. A principio, houve divergência sobre onde seria localizada tal área.

Ainda no decorrer do ano de 1981, houve a eleição da primeira associação de moradores do bairro Vila Amélia, quando foi eleito para presidente do bairro o Sr. Aluísio que, com isso, ganhou maiores forças para representar o bairro junto à prefeitura na questão da área a ser construído o templo.

Nesta época, a diretoria da comunidade, que já estava formada e tendo como presidente o Sr. José Carlos Madalon, realizou várias reuniões com o Sr. Prefeito, com os secretários municipais e com o padre Fernando, até que, em uma delas, foi sugerido pelo então presidente da Associação de Moradores que fosse feita uma permuta, ficando estabelecido que a área que já estava sendo usada ficaria com a comunidade e, em troca, seria entregue outra área em seu lugar. Assim, foi encaminhado um oficio para a prefeitura  e a permuta foi concedida, ficando a comunidade assim, com a área em que a igreja se encontra hoje.

Enquanto a construção ainda era um sonho e não se tinha local para as reuniões, novamente o Sr. Aluísio e dona Ervina, em auxílio à Comunidade, cederam uma casinha de madeira em seu quintal que também funcionava como Escola Municipal. Aos Sábados, funcionava a catequese e aos domingos aconteciam as celebrações da palavra. Uma vez por mês acontecida a missa, que era celebrada pelo padre Fernando.

Ali, dois jovens: Luiz Maia e Rosinei Souto, chegaram para pedir ajuda na fundação de um grupo de jovens. Assim, após vários encontros com os jovens do bairro, no dia 07 de setembro de 1982, foram apresentadas várias sugestões com siglas para o nome do grupo e, por eleição, foi escolhida a sigla MUSAC (Mocidade Unida Servindo no Amor de Cristo). Assim, foi fundado o grupo de jovens.

O inicio a construção do templo ocorreu no dia 11 de novembro de 1982, com grande participação dos moradores. Os mesmos doaram seu trabalho, em forma de mutirão, nos finais de Semana e, alguns, até em dias de semana.

Contou-se também, com a grande colaboração de padre Fernando, através de doação em dinheiro que chegava da Itália para o mesmo, tais valores eram investidos na compra do material de construção.

Na história da Comunidade outras datas também são importantes, vejamos:

No dia 20 de abril de 1986 aconteceu a fundação da liga Católica, pelo Sr. Jovaldir com a colaboração do Sr. Aluísio, foi realizada a eleição da diretoria que ficou da seguinte forma:

Presidente: Sr. Jovaldir Alves;

Vice-Presidente: Adão Luiz dos Santos;

Tesoureiro: Djalma Lírio;

2º Tesoureiro: Iracema Lírio;

1º Secretário: Arlindo Pessi;

2º secretário Enedina Stein;

1º conselheiro: Vicente Marques;

2º conselheiro: Benjamin Gomes.

No ano de 1984 o iniciou-se a Pastoral da Esperança com o trabalho do Sr. Aluísio, que era presidente da associação de moradores, dando assistência às famílias carentes quando da perda de seus familiares na compra de urnas, funerais, aplicações de formol, etc. Daí, formou-se a Pastoral da Esperança, nessa época, Padre Edmundo (in memoriam) era nosso pároco.

No ano de 1985, a Pastoral da Saúde foi Fundada pelo Sr. Aluísio, que a coordenou durante 3 anos. A pastoral teve como equipe as seguintes pessoas: Marta, Maria José, Lucy, Valderez, Luzia, José Luiz e Antônio, que visitavam os enfermos nos lares e davam assistência nas medicações, encaminhamentos hospitalares, tinham ainda, escala de banhos aos enfermos nos lares, cestas básicas, etc.

No ano de 1998, foi fundado o Grupo de Oração (RCC) através da jovem Maria José Gomes, com a colaboração do Sr. Aluísio, iniciou-se com a eleição do nome: "Deus Existe". Foi eleita como coordenadora, a jovem, Maria José Gomes.

A Comunidade contou ainda com dois grandes eventos durante sua história:

A peregrinação da imagem Nossa Senhora da Penha, que, passando por esta Paróquia, visitou as comunidades. Aconteceu uma linda caminhada luminosa de encontro das comunidades de Nossa Senhora da Penha que estava entregando a imagem e da a comunidade de São José que a recebera com enorme prazer. A imagem ficou na comunidade durante uma noite e um dia, durante este período,  permaneceu-se em vigília e oração com revezamento de equipes e pastorais, até que na noite seguinte houve a caminhada luminosa reunindo as Comunidades de São José que entregou a imagem para a comunidade de São Pedro.

Outro evento que deixou marca na comunidade foi a chegada do Estandarte da paróquia, que também percorreu todas as comunidades. Esta comunidade se mobilizou em peso, para a confecção de um tapete com mais de 100 metros, ele,  iniciava-se da porta da Igreja e seguia em frente, o mesmo, foi confeccionado pelo grupo de jovens. Organizou-se ainda, uma carreata sonora noturna, com auto falante para buscá-lo na comunidade de Santo Antônio, todo o percurso foi feito com louvores e muita animação e, o estandarte, foi recebido com bastante devoção por toda a comunidade.

Além desses, não se pode deixar de citar as festas do Padroeiro São José, que acontecem todos os anos no dia 19 de Março, pois para a Comunidade, festejar o padroeiro é sempre um grande evento.

Ele foi escolhido atendendo a um pedido de um morador, do bairro Vila Amélia, que participava da comunidade Santo Antônio na época, e também, da liga Católica da mesma comunidade, o Sr. José Dias, que fez uma promessa de doar uma imagem de São José para uma comunidade que estivesse se iniciando e que aceitasse dar o nome de São José ao seu padroeiro. Foi a partir daí que se reuniu a comunidade para a qual foi apresentada a proposta dele, e que foi aceita por todos. Diante disto, temos por São José uma grande veneração.

Não se pode deixar de falar das pessoas que fazem parte da história dessa comunidade:

Famílias Fundadoras

·        Aluísio e Ervina

·        Eloir e Maria Francisca

·        José Souto e Marina

·        Manuel de Souza e Maria de Souza

·        Vicente Lourenço Marques e Geralda

·        Jovaldir Ales e Maria Áurea

·        Arlindo Antonio Pessi e Ana Merlo

·        Irma Maria Luiza Toledo

·        Juvenista Adenair

·        Dona Infancia Aguida Peterle e Família

·        Djalma e Iracema

Na época que se chamava de Presidente foram:

·        José Carlos Madalon

·        José Souto

·        Eloir Emanuel

Na época do saudoso Padre Edmundo, após vários encontros de formação estudando o livro (título: "os conselhos que a gente quer") foram esses:

·        Aluísio Bezerra Barros

·        Arlindo Antonio Pessi

·        Altair Milanezi

·        Vitalino Milanezi

·        Lucas Stein

·        Carlos Trancoso

·        Paulo Romanha

·        João Oliveira

·        Adauto Freire

·        Daniel Paulino (o atual)

Atualmente a Comunidade conta com:

Pastorais:

·        Pastoral da criança - Cristiane e Fatima

·        Pastoral da Sobriedade – Adauto e José Mário

·        Pastoral da Misericórdia – Iracema e Djalma

·        Pastoral da Saúde – Lucia e Dona Sonia

·        Pastoral da Esperança – Luzia, Maria Francisca

Equipes de Serviços:

·        Equipe do Dizimo – Lacione e Arlindo

·        Equipe de Liturgia – Nelson e Paulo Romanha

·        Equipe de Catequese – Glória e Shirley

·        Equipe de Círculos Bíblicos – Carlos Trancoso e Maria da Penha

·        Equipe de Batismo – Clara  e Juventino

Movimentos:

·        Legião de Maria – Presidente Adauto e Elizabete

·        Legião de Maria – Presidente Juvenil em formação. Como apoio Sr. Aluísio.

·        Grupo de Oração – Dona Nelza e Sebastião

·        Liga Católica – Djalma e Lucas

“Quem não achar mestre que lhe ensine a orar, tome São José por mestre e não errará o caminho”.

Santa Teresa de Àvila


 

 

Buscar

Paroquia Imaculado Coracao de Maria
Rua Orestes Bongiovani, numero 10, Sao Silvano, Colatina - ES
CEP 29703-110 Fone: (27) 3721-2075
PASCOM - Pastoral da Comunicacao picmaria.com